Seguidores

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Sargos difíceis


Olá pessoal
Hoje fui à pesca com o meu grande amigo e mestre Urbano Rebelo.
 saltámos alguns pesqueiros até apanharmos estes peixitos .
Anda por ai peixe,  mas eles andam mais preocupados em acasalar do que
a comer, acho muito bem!
 Até breve.

domingo, 23 de novembro de 2014

Sargo Monstro

video
Bem Pessoal

Entre duas tempestades em novembro com caranguejo fresquinho os sargos marcaram presença,
saindo uns exemplares troféus.
Consegui registar a captura em vídeo, espero que gostem

Até breve,
Sérgio Fernandes






sábado, 22 de novembro de 2014

sargo

Olá
Partilho convosco este sargo que me deu uma luta brutal e fez-me .
disparar o stradic.
até breve.

domingo, 9 de novembro de 2014

Robalão em família

Depois do almoço, o céu abriu e pôs-se um dia maravilhoso.
 A minha mulher pergunta-me se não quero ir até ao paredão ver o mar pois assim eu poderia
pescar ela lia um livro e os miúdos andavam de bicicleta .
Que proposta fabulosa-" penso eu." e lá fomos nós para o nosso passeio de domingo.

A receita é sempre a mesma, carretes com multifilar , ponteiras 0,60 e 0,80 no anzol só por causa das
tosses.
Duas pedradas de 160gr lá para dentro e depois  desfrutar um belo dia de domingo em família e cada um na sua.
 O toque foi coisa de indescritível, podem imaginar a guerra que é trabalhar um peixe com multifilar.
Estive um bocado a lutar com o peixe, juntaram se a mim os pescadores que estavam por perto e todos ajudaram-me a safar a onça, pelo qual agradeço.

Até breve.
Sérgio Fernandes

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Guisadinho de lulas


Segunda feira começou o dia já com frio e ao meio da manhã o tempo ficou carregado, as campainhas
começaram  logo a tocar .Robalos Robalos Robalos!!!!!
 Acabo o dia trabalho e por acaso a minha mulher também saiu cedo, mesmo a tempo de irmos buscar os miúdos, "uhm! isto está-se a compor."
 Só falta fazer o Jantar.
Descongelo uma lula, corto ás tirinhas e faço um guisadinho de lulas, que é muito apreciado aqui em casa, reservei duas tirinhas boas para os robalos.

Ao mesmo tempo que fazia o jantar comecei a fazer as minhas bricolages, mas estava com um dilema ou 0,52 fluorcarbono  ou 0,80 mono para os estralhos, tirei as dúvidas com os miúdos que me disseram "Pai usa o verde".E assim foi dois estralhos com 0.80 trancados com um 6/0 e um 4/0 de correr, Fiz uma montagem apetitosa .

Três beijocas e arranco  ...sem jantar !

Chego ao pesqueiro com condições maravilhosas, chuva á barda, vento que dobrava a cana sem peixe, um frio que entrava pelas calças acima, vai lá vai muito bom, ...para quem aprecia.
 Preparo as canas com dois carretes com entrançado, um 0,20 e outro 0,24 uma baixada de 0,60 mono
duas chumbadas de 160gr com fusíveis, pois as pedras agarram mesmo, e pedrada lá para dentro.
 Cheio de fome, mas super concentrado não tiro os olhos dos starlights,  entre o vento e a porrada das ondas no entrançado, tenho de descernir uma picada e ...                ... nada!!.

 Duas horas e tal depois, com as mesmas montagens dentro água, com a maré a aproximar-se do ponto , a barriga a pensar no guisadinho, começo a esmorecer..... bem não é desta !" tiro as canas e vou-me embora penso eu."
Tiro a primeira cana e estranhamente não ficou presa, voltou lá para dentro mais um bocado, o mesmo se passou com a segunda, já agora mais dez minutos.

 Dez vinte trinta...... TOQUE!!!!! duas trancadas....... agarro na cana,        enrolo devagarinho..... a chumbada andou um bocado .......TUM! TUM! Ferrada nos queixos,     com a mão a agarrar a bobine pois o drag está aberto ZZZZZZá ezzzztá!!!!!. fecho um bocado o drag e começo a puxar, a arrancada inicial é forte mas depois de começar a vir é sempre com a cabeça virada para mim sem espaço para manobras     pelo menos até chegar perto, porque ali é que vão ser elas!!! Vejo o peixe a olhar para mim aquela bola preta não engana ninguém é um Cabeçudo, sempre em tensão levo o peixe tudo para a direita para perto de um lajão já com uma onda ai a três metros a rebentar perto, o que foi o suficiente para o peixe subir e  ficar a seco, não há tempo a perder pois o peixe ainda está lá em baixo ai a uns 4 metros pode vir uma onda maior, largo a cana agarro o fio á mão e devagarinho subo quase 4 kilos para cima .
Tiro uma foto,  ajeito aquele bocado de isco e lanço outra vez, já sem fome nem frio só aquela sensação   boa.




Nisto chega o Amigo Manuel mesmo a tempo da segunda picada , um kilo e qualquer coisa mas a ferrada foi violenta .







 
 
Já embalados para uma próxima reunião familiar.
até breve,
Sérgio Fernandes.

domingo, 24 de agosto de 2014

Robalos com o Tiago Fernandes

Sem dúvida que a pesca, dá-nos uma gratificação monumental , ficam gravados momentos inesquecíveis. 
O Tiago é da família , e num encontro familiar,  descobri que é um grande entusiasta da pesca,  é claro que se juntou  a fome à vontade de comer. 
Sexta feira depois do jantar ficou combinado o início de mais uma aventura de pesca.
Saímos eu , os pais do Tiago, que são a Paula e o gito e o Tiago.
Fomos ter com o Sr victor á boca do inferno em Cascais, aproveitei para mostrar ao tiago o que é a magia da pesca da lula na boca , simplesmente maravilhoso. 
Apresentei o Tiago ao pessoal das lulas e cravei lá uma lula ao Jorge Sampaio que é um  dos pescadores residentes naquela pedra mágica, grande amigo.
Ficámos assim com isco fresquinho .
Chegámos ao pesqueiro, perto do guincho e montámos o material no areal .
O mar estava com um toquesinho, o ventinho de frente não chegava para nos mandar embora.
Canas montadas com tiras de lula e vai de pedrada para dentro de água numa noite escura 
sem lua.
Abri eu as hostilidades com mais uma história daquelas de pescador  " era grande !!! Mas foi embora ".
Logo de seguida o tiago ferra um, a adrenalina dispara outra vez e com uma calma de pescador experiente saca um robalo de quilo e meio, que fica registado como o primeiro robalo e recorde pessoal. 




Perto da uma e meia da manhã outro toquessouro na cana do tiago, e com aquela calma
Aumenta o recorde Para dois kilos e meio.

Consegui ainda sacar dois robalotes que contribuiram para aumentar a alegria geral

Simplesmente maravilhoso.
Até breve.

sábado, 8 de março de 2014

sargos em Março

O mar lá nos  uma trégua largarmos os fios grossos e pegarmos nos fininhos
 Começo por passar na  balanzol e pedir ao meu amigo Pedro, uns casulos, no  mesmo instante entra o gajo do isco, heh! Lá casulinho fresquinho e caranguejo de dois cascos gigantes .
 10 caranguejos e dois casulos depois, toca a rasgar pano, até a alguma pedra mágica no  Atlântico,  para companheiro juntou se o Emanuel .
 Para artilharia, uma cana com uma boia de 4gr e um olivete de 2.5 gr (encostado ao anzol)em empate direto num sufix castable 100% flúoro 0.20.
 casulo no anzol e.......
 Sargo a subir de elevador, logo a seguir uma salema uhm.....é
melhor não engodar.
 Meio caranguejo gigante descascado e sem patas e.........
1250 gr a pôr o 20 ao teste, sem problemas para subir 5metros .
No fim da noite tinhamos uma pesquinha daquelas, que fazem sentir bem.













No dia seguinte fomos ver se ainda andavam lá os bichanos.
Mesmo a fechar a balanzol ainda consegui uns caranguejos, desta vez mais pequenos 
mas caranguejo é caranguejo, vai um enteiro.
Os sargos desta vez estavam muito manhosos , mas quando se deixavam ferrar eram de um lote jeitoso.
mais uma pesquinha jeitosa desta vez com a companhia do amigo Gonças.
Depois o mais importante um almoço em familia como manda o fugurino
grande abraco para todos

domingo, 23 de fevereiro de 2014

sargos em dia de vento

Comecei num pesqueiro em cascais em  que as águas estavam com cor de peixe
mas o vento a soprar da esquerda não deixava pescar á bóia, nem á
chumbadinha, corria tudo para a direita.
 Entrei no carro e segui o vento até apanhar o vento de costas.
 Fui parar ao guincho, a cor estava mesmo boa , e lá encontrei um buraco abrigado
para pescar á boia .
 Começo por ripar a sardinha á mão e engodar ao belisco .
 Monto uma boia de 6 gr com um olivete de 2.5 encostado ao anzol , nesta técnica o fio está sempre esticado , quando o sargo dá uma beijoca,  leva logo uma ferrada.
e não se preocupem com o chumbo encostado, eles não querem saber.
isco um lombinho de sardinha, sem amarrar e lanço com jeitinho.
 Fiz ali um bocado da enchente, a ferrar peixe e a curtir á brava , pois
já andava a ressacar peixe ."if you now what i meam"
enquanto estou a escrever o blog o meu irmão e a minha mãe, estão a pôr os peixes no forno .

Até breve pessoal.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Robalo ao chocolate


Eram para ai uma da manhã , quando eu e o sr victor chegámos ao pesqueiro , o mar estava a começar a subir pois davam temporal para a madrugada , nós queríamos apanhar o crescente do mar e assim foi .
Até perto da três da manhã ainda se conseguiu pescar , mas quando faltava uma hora para o preia-
mar , o mar começou a mostrar que quem é mandava ali , deu-nos dois rugidos que eu e seu victor desatamos a correr dali para fora literalmente.
Como a sede de peixe é grande fomos explorar um cantinho daqueles que dá para pescar com mares acima de seis metros .
 Chegámos ao pesqueiro e o mar estava com cor de chocolate , o seu victor começou logo a rir e disse" tu ja viste a cor da água!!!"eu disse"seu victor !   eles andam ai à vontade!!!"
Duas pedradas lá para dentro e ao bater da maré cheia a minha cana começa a dar aquele sinal que à muito tempo andamos atrás    Robalo,  é inconfundível , picadas rápidas e cana vergada.
 Já andava a ressacar de robalo pois aquele minuto que levei a trabalhar o peixe sobe me tão bem , que é muito difícil descrever por palavras , acho
que me entendem.
 Foram dois kilos que chegaram para encher de alegria este pescador de robalos
 Grande abraço para todos

sábado, 25 de janeiro de 2014

Safios de Janeiro

Pessoal
Estamos em janeiro , em plena temporada dos robalos grandes
mas eles teimam nem não sair aqui para as nossas pescas .
Partilho os bichos que temos apanhado na nossa busca aos
robalos.
 Safios gigantes , que dão uma bela caldeirada
e põem à prova os nossos equipamentos e imaginação, pois
Içar estes monstros nas arribas com equipamento para os robalos
É tudo menos fácil.
Pesca com o Manuel 








Pesca com o Paulo Marques





Nós vamos continuando atrás deles e qualquer dia damos com o cardume
grande abraço. 

domingo, 5 de janeiro de 2014

Sargo Maluco

Olá Pessoal
vou fazer aqui mais uma entrada , para vos partilhar uma pesca nestes mares brutamontanhas .
 O windguru marcava mar a subir para 7.muitos , vento e chuva , 16 ou 17 segundos de intervalo de vaga , condições perfeitas para os caçadores de tempestades entrarem em acção , nestas condições nunca se sabe que bicho pode entrar , eu diria que pode entrar um monstro .....
 Famos falar um bocado em relação à segurança , andamos nestes mares malucos mas todo o cuidado é pouco , é arranjar um cantinho muito abrigado , tem de se ter muita confiança no pesqueiro se não , não vale a pena arriscar.
 Voltemos então ao relato , eu e o Igor (amigo do casaco amarelo) fomos ter com o sr Victor ao pesqueiro , já ao cair da noite , juntou se a nós o Paulo Marques .
 Notou se bem o mar a ganhar força ...
 Nisto uma picada , e ai está o sr Victor a trabalhar o peixe , quando digo trabalhar o peixe é carrete a bumbar que o bicho nem consegue olhar nem para a esquerda nem para a direita é sempre em frente ....
lanternas dentro de água e.....
 "Ó !!!!! sr victor é um bocado de lixo!!!! " diz o paulo Marques "puxe puxe !!"
"É um polvo " digo eu "puxe "
Nisto olho bem e vejo um peixe já pendurado e o sr victor sem conseguir dar ao  carrete , o peixe era pesado, e estamos ai a 15 metros de altura
 Agarro no fio antes do primeiro passador e puxo até ao carrete enquanto o sr victor enrola,isto com duas pessoas é fácil , sozinho já requer outra técnica.

 E ai está mais um record para o sr victor , um sargo Maluco com 2 kilos





segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Dezembro 2013

Olá pessoal
Deixem-me partilhar com vocês este dezembro que foi muito gratificante
mas, também muito trabalhoso .
 Culmina numa festa de familiares e amigos , em que o peixe fresco escalado na brasa
Faz a delicia de todos envolvidos.
video
 Boas entradas AMIGOS

sábado, 23 de novembro de 2013

Tarolos

 Arranco para mais uma noite de pesca , saio de casa bem equipado para o frio que me gelava a cara , para a chuvada que caía , temos lá um abrigo que nos impede de ficarmos todos encharcados .
 Monto duas canas , bobinadas com 0.50 Mar Branco da Flomax NBS
Chumbada de 200g e para o estralho , levou um 0.60 também Mar Branco da Flomax Nbs , podia ter posto um 0.50 como também poderia ter posto um 0.80 , para verem que com mares grandes e águas tapadas , os peixes não querem saber da grossura do fio .
 Com isto não quero dizer que os diâmetros não são importantes, são!, no post anterior estava a pescar com 0.18 aos manhosos dos sargos .
Em fundo misto ou só pedra com muitos cabeços vamos querer uma segurança extra na hora de trabalhar um Robalo grande .
 Em relação às iscadas , uma sardinha inteira ou aos pedaços amarra da , uma bocha dum polvo , um raio de polvo , lula, choco , e muito acreditar .
Duas pedradas uma com lula outra com polvo e esperar muito!!!
 De repente a cana dá duas arrancadas , como se quisesse mandar um salto para dentro de água , no mesmo instante o fio começa a flutuar e a cair , é o peixe que está a vir na nossa direcção , começo a enrolar até sentir o peixe , assim que ele se mexe TRANCADA!!!!!nos queixos , que o gajo fica sem saber de que terra é, depois  é tentar pô-lo a seco , que é tão difícil quanto dar com eles .
Este correu bem , pus o peixe a seco ai a 4 ou 5 metros de altura e puxei o peixe à mão na linha mesmo que partisse , ia lá buscá-lo.
 Amigos isto ainda não acabou.....
 Telefono ao Sr Victor e ao Paulo Marques que vieram ter comigo ao pesqueiro , como as condições tinham mudado , mudámos de sítio
Três lançamentos e toca a esperar.......
 Nisto o Sr Victor diz "tenho lá um safio a ranhusar " toques toques e parava até que ............cana vergada    e......        nada!!!!
Cana vergada outra vez e peixe ferrado!!!!!!!!!!
 Ha! É um safio bem grande  diz o seu victor
" então vamos leva-lo para a praia" digo eu
É UM ROBALÃOOO!!!!!!!!!!!!! Diz o Paulo Marques
Bora seu victor vamos para a praia !!!!!!!
"SAIIIIIIII!!!!!!!!!  SERGIO !!! ISTO VEM A PESO !!!!!!
5 KG DE ROBALO Á VARA
Eu e o Paulo ficamos de boca aberta naqueles segundos em que o peixe parecia estar a flutuar e..........taruzzzzz!!!!! Que explosão de alegria
Dois troféus no mesmo dia , que loucura
Grande abraço para todos



A

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Verão de São Martinho

Combinei com o amigo gonças fazer uma pesquinha á bóia.
Depois de mudarmos várias vezes de pesqueiro,  ora porque estava muito mar e não aguentava o engodo ora porque o mar não mexia e as águas estavam abertas , lá a  meio encontrámos um pesqueiro que nos satisfizesse.
 Eu com uma boiazinha de 4gr com fluor 0, 18 directo e um olivetezinho de  2,5gr encostado ao anzol  , uma pesca muito levezinha .
 Engodo para dentro de água , iscadas com os lombinhos de sardinha .
 Foi um dia passado á maneira em que o peixe foi aparecendo ,
Não eram muitos nem grandes,  mas qualquer dia damos com um cardume de tarolos , e depois ai é que vão ser elas.....!!!! Hahaha!!!
Grande abraço para todos

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

pesca com o Paulo Marques

A meio da semana fui fazer uma perninha com o amigo Paulo Marques .
O mar tinha um toquito à maneira , logo no primeiro lançamento levo um toque bem fixe, mas não ferrou , estiquei a linha e sustive a respiração        ......Tao!!!! Peixe ferrado , se aguentasse mais um bocado caía para o lado he! He , foi o belo do dentolas que saltou cá para fora .
Mais dois toques , e nada ! Não consegui ferrar , devo de estar em baixo de forma , ,não consigo parar de respirar tanto tempo he he!
Já perto da uma da manhã , que já é o limite imposto para ir embora , pois um dia de trabalho espera-nos, Taruzzzzzz!!!!!!!! Mais um toque e peixe ferrado , não é grande , mas é o primeiro da temporada , e tem um sabor especial.
Grande abraço a todos

 

domingo, 20 de outubro de 2013

sargos aviadores

Olá Amigos
Os sargos que estão a sair por esse Portugal fora ,ao que parece aterraram aqui pelos meus lados .
O mar ainda estava com um toque valente, e com uma corzinha à maneira. Sai depois do almoço , com um balde de sardinhas e uns casulos .
Antes de engodar , lancei primeiro a ver se eles andavam lá .estavam lá sim ! Foram 21 peixes sem perder nem partir nenhum estralho , foi limpinho!!!, já nem me lembrava de uma pesca destas , foi sempre aviar .
Um abraço para todos


quinta-feira, 23 de maio de 2013

carapauzada


 Combinei uma  carapazada com o pessoal , veio o amigo Paulo  Marques  ,o Joel Horta, o meu irmão João  e o Ricardo que acabei de conheçer que tambem é leitor do blogue . juntou se ali uma turma bem disposta,todos com a mão quente por apanhar uma carradita de carapaus cada um , uma vez que de outros peixes anda escasso para todos e portanto quem paga é o carapau .
E que saborosos que  eles estão 
Grande abraço para todos 

domingo, 14 de abril de 2013

DOURADINHA COM OS SACRIPANTAS

Depois de uma bela grade nas Azenhas do Mar em Sintra ,em que passei lá a noite toda e nada!!!
Acordei neste belo dia de domingo com um belo sol , a pedir um dia de praia.
 preparo a palamenta  do miúdos  , constituída pelos baldes ancinhos e o resto do material ,é claro que não posso me esquecer da minha .
 Fomos para a praia do arriba ,perto do guincho em cascais e com um bocado de sorte e uma rabada de sardinha ,sai 1,5kg de dourada que neste momento já passou pela grelha na companhia do vizinho Tó
É o que considero um dia Perfeito.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Zambuzeira II

Boas pessoal
Este fim de semana de sexta a domingo vou enfrentar o mau tempo que ai vem mas na Zambuzeira do mar
Parece me a mim que vão estar umas condicões boas para tirar um cabeçudo
Vou deixar o meu nºde telefone pois pode haver alguem na zona .
Vou estar hospedado por cima do café Alfresco , o meu nº é 936794636 e vou pescar lá do alto da igreja
Mal posso esperar , Bom fim de semana a todos

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Amanhar Robalo

video
 Mostro-vos aqui um video a amanhar um dos dois peixes que o meu amigo Manuel apanhou ,devo dizer-vos que este tinha 4 kg e o outro 6,200 kg .
Em relação ao material para tirar estes bichos tem de ser tudo extra grosso
cana canalon nacional 4,5m
fio do carrete 0,60 Mar Branco especialmente dispensado pelo Sargollini da casa de pesca Maré cheia na Rinchoa
fio do estralho 0,80 Asso especialmente dispensado pelo Luis da casa de pesca Xpesca em cascais
anzois Mustade "anzois do Pola" 6/0 especialmente recomendado pelo Pipas da casa de pesca Estrela do Mar
Chumbadas , bem perde-se para ai uns 3kg por semana

sábado, 22 de dezembro de 2012

MAR BRAVO E O ROBALO

Um dia de pesca como tantos outros ,depois do jantar saí para mais uma noite de procura dos Robalos ,já tinha andado a ver uns spots que me pareciam muito bem .
  Tem de se procurar o peixe , não é certo ele vir sempre ao nosso encontro nos nossos pesqueiros habituais, de vez em quando temos de sair da nossa zona de conforto e descobrir pesqueiros parecido aos sítios onde já tirámos peixe. 
Fui ter primeiro com o Sr Victor e o Joni  a um pesqueiro em que os safios não paravam de chatear,estragam as iscas ,e quando se ferram partem tudo , raio do bicho, não me estava a apetecer brincar com essas bichezas   .
propus então , irmos ao tal pesqueiro novo que eu já tinha visto ," vamos lá mandamos uma pedrada , tiramos um robalo e vamos embora " isto sou eu sempre com uma grande moral ,apesar das inumeras grádes que levo para trás .chegádos ao pesqueiro novo ,perto das 2 da manhã , escuro ,mar a bater ,procurar sítio para ficar não é fácil .
0,60 no carrete 0,80 no anzol iscada  XXL e cana na mão , eu e o sr victor ficámos na expectativa , com aquele nervoso miudinho ,o joni perferiu ficar a ver o quê que aquilo dava , e não montou a cana .
  1. Dez minuto depois , acho eu , sinto um toquezito de nada e fio a aliviar , ponho me logo de sentido. isto é a cana no meio das pernas  quase em  posição horizontal ,para lhe esticar uma ferrada violenta ,mão esquerda atrás das costas para dar balanço e ficar á espera de um toque mais forte , que é quando já tem  o isco na boca está  a levar e se sente picado , nesse instante arranca e é quando leva com uma trancada que nem sabem de que terra é  , a seguir é sempre a puxar , a cabeça do peixe sempre virada para nós ,pelo menos até perto da escoa ,assim que vi o peixe abri o drag vi logo que não iria conseguir içar aquilo que lá estava em baixo , as pernas tremiam que nem varas verdes ,"fod ...... vou tirar o peixe aonde? "fui tudo para a esquerda , mas não dava , não tinha sitio para encalhar , voltei para a direita , já o Joni me estava a dizer para tirar ali num buraco que ele tinha visto , levei o peixe para lá , andei um bocado para trás para o joni agarrar no fio , larguei a cana e disse ao joni " vamos puxar á mão se partir , partiu "começa ele a puxar , enrola a linha na mão esquerda , puxa com a direita , mas o peixe fica a meio do caminho porque ele já não tinha força e o fio estava a apertar-lhe as mãos ,eu desço um bocado o buraco ,meio pendurado e consigo meter a mão á guelra "fod.... este já não o largo.......".
Grande abração ao joni,se não fosse a ajuda dele não sei não .... a adrenalina estava ao rubro , demorei na boa meia hora para a respiração voltar ao normal .
Um abraço e  FELIZ NATAL para todos

domingo, 16 de dezembro de 2012

Robalo a 20 metros de altura

Uns dias atrás andava á Pesca com o Chico zé quando chego de carro á rede da Boca do Inferno e vejo um gajo á pesca de mota ,vestido com um oleado e a apanhar uma chuvada monumental "este é cá dos meus ".
Um bocado de conversa ,uma cigarrada e afinal é o Paulo Marques que já tem comentado no Blog e "conhecia-me de algum lado"he he . È sempre porreiro encontrar alguem que só falamos na net .
combinámos então fazer uma pesca a  meio da semana .
 Escolhemos um pesqueiro alto perto de 20 metros de altura e começamos então no nosso rockfishing .
 apanhámos alguns samirros uma moreia , ainda se engatou um safio de dimensões super xxl ,que faltava-me a gata para tirá-lo ,acabou por partir ,quando nisto o Paulo diz "ÒLHA A TUA CANA !!!!! ,ABRE O CARRETE !!!!!!!!,ABRE O CARRETE!!!!!!,cana toda vergada ,ferro o peixe e digo "PAULO PREPARA A RABECA "levo a cana para o buraco que é uma parte em que a parede é mesmo vertical e dá para por a rebeca na boa ,"que luta que o peixe me está a dar é valente !" a coluna de água em frente é de 8 a 10 metros o peixe tem muito por onde afundar ,até que cede .... as forças    "Ó PAULO SEGURA AI       E     PUXA A CANA PARA TRÁS ESTE VAI Á MÃO " agarro na linha e começo a puxá-la á mão , e vai de peixe a subir de elevador .
 Para mim era contra-natura puxar um peixe á mão , mas depois de ver o MESTRE RUSSO da malveira da serra  puxar um Robalo de 5,5 kg ai a 20 metros á mão e outro de 3,5 na casa da bota ,que fica na adraga e tem na boa mais de 80 metros de altura  ,achei-me com confiança para tal façanha e correu bem .

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

MAR BRAVO - PEIXE BRAVO

Com a chegada destes mares grandes chegam os grandes robalos e vêem  esfomeados .
Como digo ao meu pessoal isto é uma pesca do acreditar , leva-se uma , duas , dez grades mas quando bater é bicho grande , simplesmente tens de estar preparado , quando digo que tens de estar preparado falo nos estralhos chegamos a pôr 0,80 num 6/0 porque depois do peixe estar ferrado tens de tira-lo do meio das pedras , andar com ele pelo meio dos cabeços , em que qualquer toque numa pedra , já foste  .
Sem dúvida que não é uma pesca para todos os pescadores , é muita espera são muitas noites ,de vez em quando lá sai um sargo grande ou um safio , mas quando sai um robalão , todas as grades e noites sem apanhar nada são completamente apagadas porque o se lembra é desde o momento da ferragem todos os segundos  da luta até o peixe estar em seco ,são os momentos que ficam gravados na nossa memória .
Pessoal não se esqueçam MAR BRAVO - PEIXE BRAVO

sábado, 10 de novembro de 2012

Raia

Esta foi a minha primeira raia , deu me uma luta brutal ,na boa meia hora a tentar tira-la cá para fora .
primeiro um peso monstro que eu não sabia o que seria , depois a escoa brutal ,não conseguia travar o bicho na escoa .
Foi uma bela noite de pesca

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Sargodzilla robustos



Pesca realizada pelo Pola acompanhado pelo amigo "bocas" em que o Pola consegue um exemplar troféu de um sargo com 2,380 kg .

Robalos Kamikaze

Boas Pessoal estamos de volta !
Combinei um surfcasting  nocturno com o meu amigo Paulo Morão .cheguei á praia e fui apanhar tiagem ,andei ali uma horita naquilo e consegui apanhar uma teca boa ,aqui pelos meus lado a maneira de iscar tiagem é iscá-las pela cabeça , umas 10 enrolar as pontas pelo fio e já está, mas eu a pesquisar na net vi o os nossos hermanos do sul de Espanha a iscar as tiagens com agulha ,o que me pareceu muito bem ,com muita paciência fazia iscadelas de ,na boa umas 6 ou 8 tiagens num F31 nº4, e  me dáva uma iscadela de mais de um  palmo .

Preparo duas canas , uma com multifilar 0.10 , e outra com 0,19 . estralhos 0,30 , 200gr de chumbada . Como também estive a pescar lá de dia sabia que o cabeço estava ai a 80 metros no meio da praia ,portanto passava bem para lá do cabeço ,bem ,  lanço uma á direita do Paulo e vou lançar a outra á esquerda ,ainda estava a esticar o fio ,quando vejo a primeira a bater ,foi um toque bom ,mesmo com o drag mais aberto do que o normal ,pois com multifilar tem de se ter cuidado. devagarinho tirei um belo robalo com perto de 2,400kg .
Toca a fazer outra iscadela que na boa leva uns 10minutos  , e pedrada para o mesmo sitio . Não demorou muito quando vejo o meu fio a ficar todo laço ,começo a esticar o fio e para o meu espanto o fio nunca mais esticava ,já estava o peixe quase com a cabeça na areia ,não me deu luta nenhuma .
Mais 10 minutos de iscadela e mais um lançamento ,estico a linha e vou ver da outra cana ,quando chego tinha o fio todo laço ,"acho que já vi este filme "começo a esticar e mais um peixe sem me dar luta nenhuma ,"estes robalos devem estar malucos matam se sozinhos ,"como diz o amigo ntyper" desde que venham não há problema ".
Como não há duas sem trés ,olho para a outra cana  e  fio todo laço ,"bem será que lá está um?" ,começo a puxar e pois claro mais um cabeçudo que não me deu luta nenhuma.
Um abraço pessoal e vamos a eles !

terça-feira, 12 de junho de 2012

Corvína

Vou começar este relato a incluir também o post anterior do Pola .
 Sexta-feira o Pola diz-me que o tinham convidado a ir ás corvinas ,combinamos então eu ir aos carapaus e quando eles acabarem ,visto que não dá para pescar muito tempo no rio ,vinham ter comigo.
estou eu a apanhar carapaus em cascais ,quando telefona-me o Pola "O´´ Sérgio apanhei uma com 15 kg ainda estou a tremer isto é brutal", espéctaculo meu .... epá eu vou já para ai !!!-digo eu.
 Mas como estavamos a apanhar eu e o Tó decidimos ficar mais um bocado .Nisto começa a chover e acho eu que apanhei um esticão (electricidade estáctica ou qualquer coisa )fugimos logo a abrigar-nos no restaurante ,quando telefona a mulher do Pola a dizer me para ligar ao Pola porque ele apanhou outra com 16kg.
  Arranco para Lisboa  ,e chego ao pesqueiro diz o Pola"vai ali!! aquele senhor está a tirar uma "vou para ao pé do sr. que deve ser alguém habituado a estas lides porque nas calmas tirou ao que parece a segunda corvina dele e as duas com perto de 15kg, isto é mentira digo eu esta cena não está a acontecer isto deve ser o paraiso dos pescadores e eu devo estar quase a acordar ...
 bem ,conta-me então o meu compadre da luta que teve com a corvina ,que lhe deixou os braços presos , com caîmbras e arásca das costas ,..... duas vezes .....
 nessa noite sairam 6 corvinas .
 Escusado será dizer que no dia a seguir estávamos lá ,eu preparei-me o melhor que pude , fui comprar um BG90 japan que um amigo tinha para vender ,enchio com Mar Branco 0,60 , fiz um estralho com dois dois anzóis 6/0 e vamos embora para a festa .
 Já estávamos com duas horas de enchente quando a minha cana começa a vergar pelo cabooo!!!!! o Bg disparava que nem um doido ,agarro na cana dou dois passos para trás e tráz!! tráz!! duas ferradas violentas e peixe ferrado ,nesse momento para tudo não oiço ninguém só sinto o peixe , enquanto ele me deixa eu aperto com ele ,não demorou muito já a Corvina se deixou ver , o Pola já a esticar as mãos quando ela manda uma arrancada e tchau!! tchau!! partiu me o 0,60 .
 Depois de ver varias corvinas a sair nas pescas seguintes e reflectir sobre o que aconteceu vi que fiz duas coisas mal ,apertei muito com o peixe ,o peixe quando chegou á pedra  ainda tinha muita vida , as corvinas quando chegam perto mandam duas ou trés corridas e depois estão mortas já não fazem nada e deixam se apanhar á mão .
 Depois disso foi um martirio semana atrás semana ,talvez umas 6 ou 7 grades seguidas e nada!!!!!!
  No domingo com um dia de trabalho á porta ,disse á minha mulher" eu vou lá " e responde-me ela "vai lá porque enquanto não apanhares a Corvina nas descansas "arranco sózinho .
 chego ao pesqueiro ,ponho o ferro ,faço um estralho com 0,80 outra vez com dois 6/0 um de correr ,iscada na água é só esperar ........
 Por volta da segunda hora da enchente começa tudo outra vezzzzzzzhhzzzzhzhzhzz..................
Cana vergada ,carrete a disparar é tudo igual,menos a minha postura enrolava devagar só manter a linha esticada ,deixar o peixe bater o máximo  lá fora ,de vezes em quando aperto um bocado para ele não afundar muito ,quando ele chegou mais perto aliviei o drag segurei a bobine com a mão e esperei a arrancada ,não se deu , o peixe afundou e encostou-se á mólhada parecia preso. nisto um Sr. diz-me não te preocupes ela sai ,elas saem sempre ,recuperam o folêgo e arrancam.certinho direitinho arrancou a queimar-me a mão que segurava a bobine . e acabou veio ao cimo de água já deitada , encostei á pedra e um rapaz mete-lhe a mão na guelra e pôs a corvina a seco.
 "agora já podes descansar" diz a minha mulher........